quinta-feira, 19 de abril de 2018

"Gaia no séc. XX"




Sábado21.04.2018 - 15-17h
Curso livre: Património Cultural de Gaia

Módulo 12

“Gaia no séc. XX” por José Alberto Rio Fernandes.

Professor Catedrático do Departamento de Geografia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP).

Presidente da Direção da Associação Portuguesa de Geógrafos reeleito para o biénio 2018-2020.

Coordenador do Grupo "Cidades e Desenvolvimento Territorial" do CEGOT (Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território).

Nos finais do século XIX, o território gaiense adquire uma outra dimensão, seja em resultado do aumento da população e da mancha urbanizada, seja como efeito de grades obras de urbanismo - pontes, linhas de caminho-de-ferro, novas avenidas, espaços verdes -, mas também bairros habitacionais, edifícios públicos e áreas industriais planeadas. O crescimento promove sobretudo a expansão do espaço urbano, em fragmentos que não resultam apenas da ampliação de coalescência de velhos lugares, mas também duma reestruturação urbana que se alarga aos subúrbios, com reflexos do (e no) modo de fazer urbanismo e arquitetura. Todavia, enquanto se criava o património do futuro, perdiam-se alguns dos valores herdados, o que é mais verdade no princípio do século XX que no seu final, sendo a refletir sobre as políticas públicas e o futuro que desejamos no século XXI, sabendo que, sendo certo que não podemos preservar tudo, não é menos certo que devemos deixar muito do que recebemos.

A frequência do curso implica inscrição prévia.


quinta-feira, 5 de abril de 2018

“Património Etnográfico e Imaterial”



Sábado07.04.2018 - 15-17h

Curso livre: Património Cultural de Gaia

Módulo 11

“Património Etnográfico e Imaterial
por Professora Doutora Teresa Soeiro, Professora associada do Departamento de Ciências e Técnicas do Património da Faculdade de Letras da Universidade do Porto e investigadora do CITCEM - Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória. Licenciada em História, doutorada em Arqueologia e pós-graduada em Museologia pela FLUP. Diretora do Museu Municipal de Penafiel de 1985 a 2007, chefe de projeto da Estrutura de Missão para o Museu do Douro (2001-2004), foi comissária de exposições e dirigiu várias escavações arqueológicas no norte e Portugal, nomeadamente no Castro de Monte Mozinho (1982-1998). Publicou trabalhos sobre arqueologia protohistórica e romana do noroeste, história local, arqueologia moderna e contemporânea do Entre-Douro-e-Minho e do Alto Douro e museologia.

Património Etnográfico e Imaterial identifica e estuda, com o objectivo de registo e eventuais acções de preservação e divulgação, as comunidades na sua relação com o território e a mobilização dos recursos, efectuada com meios técnicos de baixa intensidade e saber adquirido por transmissão prática e maioritariamente informal. A par das paisagens construídas, do edificado, dos testemunhos materiais móveis, etc, é parte integrante desta mundividência o património cultural imaterial em que a comunidade se revê.

A frequência do curso implica inscrição prévia.



quinta-feira, 22 de março de 2018

«A propósito de “Feiras Medievais”: História e recriação»


Solar Condes de Resende
Quinta-feira, 29 de março de 2018 – 21,30
Palestra das últimas quintas-feiras do mês

«A propósito de “Feiras Medievais”: História e recriação»

Desde as últimas décadas do século passado que várias autarquias organizam ou patrocinam recriações de Feiras Medievais, com mais ou menos fiabilidade, mais ou menos sucesso. Nesta palestra analisa-se o fenómeno e as relações entre os conceitos de recriação e os estudos históricos sobre o tema.

por J. A. Gonçalves Guimarães
           
Entrada livre

Solar Condes de Resende
Travessa Condes de Resende, 110
4410-264 Canelas - VNGaia                                                                
Tel.227531385        email:solarcondesresende@cm-gaia.pt


terça-feira, 20 de março de 2018

Feira das Novidades - 25 de março - especial domingo de Ramos


É já no próximo domingo, dia 25 de Março (especial domingo de Ramos), a partir das 14:00h que os Amigos do Solar Condes de Resende - Confraria Queirosiana realizarão a habitual Feira das Novidades, com entrada grátis onde pode apreciar um pouco do nosso artesanato e gastronomia. 

Aproveite a ocasião e venha tomar um café neste equipamento municipal, antigamente designado por Quinta da Costa ou Casa de Canelas, onde o escritor Eça de Queirós se enamorou da sua futura esposa D. Emília de Castro Pamplona, filha dos Condes de Resende. 

Este espaço de memória em que se estuda e promove a História de Gaia numa perspectiva da sua relação com o mundo, agradece a sua visita.

terça-feira, 13 de março de 2018

Formação: Genealogia e História da Família


Património Gaiense no Mundo


Sábado – 17.03.2018 - 15-17h
– Curso livre: Património Cultural de Gaia

Módulo 10

Património Gaiense no Mundo” por Professor Doutor Francisco Queiroz, Doutor e Mestre em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Pós-Doutoramento, intitulado "Arte Tumular do Romantismo em Portugal" (2008-2014). Professor Auxiliar na Escola Superior Artística do Porto (2000-2015), no Mestrado Integrado em Arquitetura da mesma instituição.

Em muitas terras de Portugal e no estrangeiro, sobretudo no Brasil, existem edifícios, obras de Arte e outros objetos construídos ou concebidos por gaienses na sua terra natal e para aí enviados, ou mesmo já concebidos em outras paragens para onde foram exercer a sua atividade profissional ao emigrarem.

Muitos desses objetos ou edifícios encontram-se hoje na posse de particulares ou musealizados, sendo referências obrigatórias do Património gaiense no mundo. 

A frequência do curso implica inscrição prévia.