terça-feira, 28 de novembro de 2023

Palestra da última quinta-feira do mês - 30 de novembro


J. Rentes de Carvalho, escritor. Personalidade do Norte 2023

No passado dia 24 de novembro a CCDR-Norte I. P. atribuiu o galardão de Personalidade do Norte 2023 ao escritor José Rentes de Carvalho, nascido em Vila Nova de Gaia a 15 de maio de 1930 e a viver em Amsterdam, com visitas regulares a Estevais do Mogadouro, a aldeia dos seus ancestrais.

Comendador da Ordem do Infante D. Henrique, entre outras distinções, legou à associação cultural de utilidade pública Amigos do Solar Condes de Resende - Confraria Queirosiana o seu espólio pessoal de escritor, jornalista, fotógrafo, conferencista e professor de Língua e Literatura Portuguesa na Universidade de Amsterdam, a quem competirá a sua preservação, organização, estudo e divulgação. Nesta palestra vamos abordar a vida e obra do autor, mas também dar a conhecer o seu espólio e as perspetivas da sua valorização.

Entrar Zoom Reunião
https://us02web.zoom.us/j/86175551121?pwd=cHQ3WWIrZFBhU3dhNjZMdC9tcUJrdz09

ID da reunião: 861 7555 1121
Senha: 651392

terça-feira, 14 de novembro de 2023

4ª sessão do curso livre sobre "40 anos depois: História Local e Regional"

 


O tempo dos "castros" em Vila Nova de Gaia: novidades e interrogações

António Manuel S. P. Silva (GHAP, CQ; CITCEM, UP)

 

Há quatro décadas, a investigação sobre o povoamento da Idade do Ferro na área de Vila Nova de Gaia vivia tempos de descoberta e expectativa.

Pela primeira vez, sob a responsabilidade do Professor A. C. Ferreira da Silva, dois dos sítios mais emblemáticos do concelho eram objeto de escavações arqueológicas, o Castelo de Gaia e o Monte Murado/ Sr.ª da Saúde, sendo que neste último, por um desses felizes acasos que contribuem para a História, se revelava também a designação étnica dos seus ocupantes à data da implantação da administração romana na região.

Desde então, aqueles e outros povoados da Idade do Ferro têm vindo a revelar os seus segredos, permitindo-nos conhecer bastante melhor as arquiteturas, objetos e modos de vida dessas populações que nos antecederam neste espaço geográfico. Nesta sessão, desvendam-se algumas das novidades e discute-se a moderna agenda de investigação de um tempo tão obscuro quão fascinante.

sexta-feira, 3 de novembro de 2023

3ª sessão do curso livre "40 anos depois: História Local e Regional

  CURSO 3.jpg

A PRÉ-HISTÓRIA DO CONCELHO DE VILA NOVA DE GAIA

No concelho de Vila Nova de Gaia são conhecidos vestígios arqueológicos atribuíveis ao Paleolítico Inferior, possivelmente ao Paleolítico Médio e a algumas etapas da chamada Pré-história Recente, nomeadamente o Neolítico/Calcolítico e a Idade do Bronze.

Os vestígios mais antigos (Paleolítico) estão documentados por utensílios de pedra lascada, e os mais recentes (Pré-história Recente) por “monumentos megalíticos” e por locais considerados de habitação, onde existem estruturas em negativo (isto é, buracos de poste, fossas e valados).

Apesar de dispormos destes dados, importa referir que os conhecimentos sobre a Pré-história do concelho são muito incipientes. Efetivamente, a região nunca foi alvo de estudos sistemáticos dirigidos a esta etapa da História da Humanidade, pelo que se torna extremamente difícil caracterizar a evolução do povoamento do território gaiense. Por outro lado, a inexistência de tais estudos terá também favorecido a destruição, ao longo do tempo, de elementos patrimoniais dos mais diversos tipos, perdendo-se, assim, informação fundamental para a reconstituição do passado.

quinta-feira, 26 de outubro de 2023

Curso livre «40 anos depois: História Local e Regional»

 


Vila Nova de Gaia: geomorfologia e evolução do território

O território de Vila Nova de Gaia pode considerar-se estruturado em 3 áreas:

·        A leste, um sector que drena diretamente para o Douro ou através dos seus afluentes, como o rio Febros.

·        Caminhando para o lado do mar existe um relevo alongado que atinge 208 m no Monte da Virgem e 241 na senhora da saúde. Desenvolve-se de forma quase linear numa direção NNW-SSE. Vamos chamar-lhe “relevo marginal”

·        A Oeste existe uma área que desce em patamares para o mar: a plataforma litoral.

Durante muito tempo a plataforma litoral foi entendida como um registo passivo das variações do nível do mar durante os últimos 7 milhões de anos da história da Terra.

O aparecimento da teoria da tectónica de placas veio criar uma visão mais mobilista do território em que a dinâmica de movimentos tectónicos começa por criar o relevo marginal e interfere com as ditas variações do nível do mar, explicando os abundantes e diversificados depósitos Plio-Pleistocénicos que juncam o sector ocidental de Gaia.

A evolução recente do litoral está marcada pela interação das obras construídas pelo Homem com o relevo criado pelas variações do nível do mar durante o Quaternário.  

 

segunda-feira, 23 de outubro de 2023

Palestra das Últimas Quintas-Feiras do Mês - 26 de outubro

 


Palestra da última quinta-feira do mês

26 de outubro de 2023

Solar Condes de Resende
18:30 - 19:30

Entrada livre presencial e videoconferência

«Doadores da Coleção Marciano Azuaga»

por Dr. João Luís Fernandes

Mestre em História da Arte, Património e Cultura Visual pela FLUP.

Resumo:

Marciano Azuaga (1838-1905), natural de Valença do Minho, fixou-se em Vila Nova de Gaia a partir da chegada do caminho de ferro às Devesas, em 1864. Durante a sua vida, este chefe de estação e colecionador amador constituiu um espólio eclético que doou à Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia em 1904, quando o mesmo se configurava já como museu particular, aberto gratuitamente ao público. Iremos demonstrar como esta coleção reflete as orientações intelectuais dos vultos dominantes da produção científica, artística, literária, política e académica com as quais Marciano Azuaga contactava, muitos dos quais contribuíram para a mesma com doações ao longo de décadas.  

Organização: ASCR-Confraria Queirosiana

Entrar Zoom Reunião
https://us02web.zoom.us/j/88129877669?pwd=cGxHSXFaS1hjQ3FtZk1aeWZZbzd2Zz09

ID da reunião: 881 2987 7669
Senha: 681204

quarta-feira, 11 de outubro de 2023

Sessão de Abertura do curso livre «40 anos depois: História Local e Regional»


Academia Eça de Queirós, grupo de trabalho para o Ensino

Curso livre «40 anos depois: História Local e Regional»

Em 1983 o Gabinete de História e Arqueologia de Vila Nova de Gaia organizou, com o patrocínio da autarquia, as 1.as Jornadas de História Local e Regional de Vila Nova de Gaia, acontecimento marcante na vida cultural do Município que também se refletiu noutras autarquias e instituições espalhadas pelo país. Passados 40 anos queremos fazer um balanço e uma reflexão sobre a situação atual do conhecimento histórico naquelas dimensões e os possíveis reflexos daquele acontecimento que então reuniu vários nomes de professores universitários marcantes, mas também jovens estudantes que davam os primeiros passos nas Ciências Históricas. Como habitualmente as aulas decorrerão de forma presencial ao sábado à tarde no pavilhão do Solar Condes de Resende, entre as 15 e as 17 horas, segundo calendário previamente divulgado, havendo também a possibilidade de assistirem via Zoom. A todos os frequentadores serão passados certificados de frequência e, no caso dos docentes que o requeiram, a creditação do mesmo pelo Ministério da Educação. A frequência de curso todo ou de aulas avulsas implica o pagamento prévio da propina estipulada no boletim de inscrição.

Mais informações: www.queirosiana.pt

terça-feira, 10 de outubro de 2023

Curso livre no Solar «40 anos depois: História Local e Regional»

 Academia Eça de Queirós, grupo de trabalho para o Ensino

Curso livre «40 anos depois: História Local e Regional»

Em 1983 o Gabinete de História e Arqueologia de Vila Nova de Gaia organizou, com o patrocínio da autarquia, as 1.as Jornadas de História Local e Regional de Vila Nova de Gaia, acontecimento marcante na vida cultural do Município que também se refletiu noutras autarquias e instituições espalhadas pelo país. Passados 40 anos queremos fazer um balanço e uma reflexão sobre a situação atual do conhecimento histórico naquelas dimensões e os possíveis reflexos daquele acontecimento que então reuniu vários nomes de professores universitários marcantes, mas também jovens estudantes que davam os primeiros passos nas Ciências Históricas. Como habitualmente as aulas decorrerão de forma presencial ao sábado à tarde no pavilhão do Solar Condes de Resende, entre as 15 e as 17 horas, segundo calendário previamente divulgado, havendo também a possibilidade de assistirem via Zoom. A todos os frequentadores serão passados certificados de frequência e, no caso dos docentes que o requeiram, a creditação do mesmo pelo Ministério da Educação. A frequência de curso todo ou de aulas avulsas implica o pagamento prévio da propina estipulada no boletim de inscrição.

Programa: sábados, 15-17 horas; presencial e via Zoom

01 - 14 de outubro - Sessão de Abertura pelo Prof. Doutor Eduardo Vitor Rodrigues, Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia; lançamento do livro «O Património Régio dos Julgados de Gaia, e de Vila Nova, em 1346» da autoria do Professor Doutor José Marques

02 – 28 de outubro -      Professora Doutora Assunção Araújo

                                       - Geologia e Geomorfologia

03 – 04 de novembro -  Prof. Doutor Sérgio Monteiro-Rodrigues

                                       - Avanços na Pré-história

04 –18 de novembro –  Prof. Doutor António Manuel S. P. Silva

                                     - A Cultura Castreja

05 – 16 de dezembro -  Prof. Doutor Rui Morais

                                     - Os Romanos entre nós

06 – 06 de janeiro –       Prof Dr. Manuel Real

                                     - A Alta Idade Média por aqui

07 – 20 de janeiro –      Prof. Doutor Luís Carlos Amaral

                                     - O municipalismo medieval

08 – 03 de fevereiro –   Prof. Doutor Amândio Barros

                                     - O Rio Douro e a Expansão

09– 17 de fevereiro –    Professor Doutor Francisco Ribeiro da Silva

                                     - Reorganização Moderna do território

10 – 02 de março –       Prof. Doutor Barros Cardoso

                                     - Luzes e Sombras do Iluminismo

11 – 16 de março –       Prof. Doutor Sérgio Veludo Coelho

                                      - Corcundas e malhados

12 – 23 de março –       Prof. Doutor José António Oliveira

                                      - Constitucionalismo oitocentista

13 – 06 de abril –          Professor Doutor Pedro Bacelar de Vasconcelos

                                     - De súbditos a cidadãos

14 – 20 de abril –          Prof. Doutor Nuno Resende

                                     - Regionalismos e internacionalismos

15 – 27 de abril –          Prof. Doutor Adrião Cunha

                                    - Reformas e revoluções do século XX

O programa pode ser pontualmente ajustado na sua sequência com aviso prévio aos interessados.

Inscrição: www.queirosiana.pt